Project Description

 

Área de atuação: Fisiologia do trato gastrintestinal

Local do laboratório: Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde – Campus Universitário do Araguaia

Descrição: O Laboratório de Fisiologia de Sistemas e Toxicologia Reprodutiva da Universidade Federal de Mato Grosso – Campus Barra do Garças tem uma de suas vertentes totalmente voltada para o estudo do trato gastrintestinal em modelos experimentais. Trata-se de uma das interfaces mais importantes entre o ambiente externo e os mamíferos, embora sua caracterização ainda seja incipiente. Nesse sentido, a maior parte da administração de fármacos é realizada por via oral e a interação do fármaco com o trato gastrintestinal pode alterar os processos motores e absortivos, limitando a absorção do próprio fármaco e de nutrientes essenciais. Um fármaco normalmente não é utilizado de maneira isolada e suas combinações podem ser igualmente complexas no trato gastrintestinal, principalmente na presença e/ou para o tratamento de algumas doenças, sejam infecciosas ou não. Além disso, processos visando melhoria da tecnologia agroindustrial e desenvolvimento de produtos naturais também tem impactos importantes no sistema digestório que precisam ser cuidadosamente verificados. Considerando que todas essas circunstancias podem afetar a estrutura e a função do trato gastrintestinal, envolvendo sistemas neurais, imunologicos e hormonais, torna-se imperativo o uso de tecnologias capazes de avaliar essas interações.  

Serviços: Ainda não há prestação de serviço oficial, mas há possibilidade de analisar: I) Trânsito gastrintestinal em ratos e camundongos de várias linhagens por meio de marcador magnético ingerido espontaneamente e monitorado no interior dos segmentos gastrintestinais ao longo das horas. II) Análise da consistência das fezes: • Avaliação de constipação: • Avaliação de diarreia: III) Análises Morfométricas: Análises das espessuras de camadas musculares e mucosas de ratos e camundongos por meio de material histológico obtido nos segmentos gastrointestinais ao final dos experimentos. IV) Análises de Marcadores bioquímicos relacionados ao trato: • Perfil Glicêmico: Teste Oral de Tolerância à Glicose – TOTG; Teste de tolerância à insulina – TTI; Dosagem De Glicose • Perfil lipídico: Colesterol total, Triglicerídeos, Lipoproteínas: n-HDL-C, HDL-C, LDL-C e VLDL-C; • Função renal: Ureia, Creatinina e Ácido úrico; • Função hepática: Alanina aminotransferase (ALT/TGP); Albumina; Aspartato aminotransferase (AST/TGO); Bilirrubina (conjugada e não-conjugada); Fosfatase alcalina; g-Glutamil transferase (g-GT) e Proteínas totais.

Equipamentos: Espectrofotômetro; banho-maria; centrifuga refrigerada; balança analítica; aparelho de osmose-reversa; balanças; guilhotina; microscópios; agitador magnético; estufa de secagem; amplificador Lock in; sensor magnético; amplificador de potência; caixa com sistema UV; sistema Biopac com 3 módulos para registro de eletromiografia; placa de aquisição A/D ; leitor de placas de Elisa; microcomputadores; micro-ondas; leitor de íons; espectofotômetro do tipo bioplus; “kits” de vidraria/reagentes de uso rotineiro

Responsável: Madileine Francely Américo (co-responsável)

Lattes: Lattes do responsável

Email/Telefone: mamerico@gmail.com / (66) 981404871

Tem interesse nas atividades desenvolvidas neste laboratório? Fale conosco!